Contabilidade

Conheça os relatórios contábeis e financeiros mais importantes para a sua empresa

Relatórios contábeis e financeiros são ferramentas de grande importância estratégica para a gestão de um negócio. É através destes documentos que o gestor encontra dados precisos para auxiliar na administração de suas ações.

Mesmo sendo fundamental para o sucesso de uma empresa, muitos empreendedores e empresários não dão o devido valor às vantagens que um relatório pode oferecer.

Os relatórios contábeis, por exemplo, são os registros que demonstram todo o patrimônio empresarial, composto de ativos, passivos e indicadores como custos, despesas, faturamento, lucro, entre outros.

Já os relatórios financeiros demonstram como anda a saúde financeira da empresa. Eles oferecem dados de movimentações financeiras e apontam como o capital está sendo utilizado.

É por isso que, neste artigo, nós vamos te apresentar os relatórios contábeis e financeiros mais importantes para o sucesso da sua organização. Acompanhe:

 

Demonstrativo de Fluxo de Caixa (DFC)

O fluxo de caixa é uma ferramenta que registra todas entradas e saídas de capitais da empresa. Todas essas ocorrências são anotadas e datadas em um período que pode ser diário, semanal ou mensal.

Se for monitorado com frequência, esse demonstrativo permite que o gestor acompanhe de perto o que ocorre com o dinheiro do negócio e, assim, aja estrategicamente para que as entradas sejam maiores que as saídas, por exemplo.

Além de analisar o fluxo de caixa, também é importante fazer sua projeção. Tomando como base os relatórios anteriores, é possível projetar e prever o capital de giro da empresa nos próximos meses. Com isso, toda a equipe pode tomar ações assertivas, de modo que nenhum processo seja executado com um investimento acima do planejado.

Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE)

O DRE é um relatório mais complexo que o fluxo de caixa, sendo um demonstrativo financeiro e contábil exigido por lei.

Esse documento deve ser apresentado anualmente e contém dados responsáveis por demonstrar os resultados, como lucro ou prejuízo, de um determinado período da empresa. Ao contrário do fluxo de caixa, os registros do DRE são mais longos, podendo ser de um semestre ou ano, por exemplo.

Esse relatório é mais complexo pois é complementar ao DFC, evidenciando e apontando se houve lucro ou prejuízo através dos resultados operacionais e não operacionais. É nele que estão dados como a receita bruta, a receita líquida, o lucro bruto e, o lucro líquido.

Balanço Patrimonial (BP)

O BP é um registro de todas as movimentações financeiras da empresa. Ele apresenta o patrimônio líquido do negócio a partir da dedução dos passivos em relação aos ativos.

No grupo dos ativos estão o capital em caixa, as contas a receber e os bens móveis e imóveis. Já no grupo dos passivos, encontram-se todas as obrigações e contas a pagar do negócio. Enquanto isso, o patrimônio líquido demonstra como está a sua saúde financeira e patrimonial.

Deste modo, se há dinheiro em caixa e os recebíveis são maiores que as obrigações a pagar, o seu patrimônio estará positivo. Agora, se as obrigações em curto e longo prazos são superiores aos recebíveis, significa que o seu patrimônio estará baixo.

Todas as empresas devem emitir esse relatório, que deve ser desenvolvido junto a um contador.

 

Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA)

O DLPA é o relatório contábil responsável por demonstrar como foi aplicado o lucro líquido obtido pela empresa. Esse demonstrativo é obrigatório para empresas tributadas pelo regime do Lucro Real.

Na prática, o DLPA utiliza dados obtidos no DRE e no Balanço Patrimonial. Ele é muito importante para evidenciar lucros e prejuízos e ajudar a verificar se o investimento que a empresa está fazendo é adequado ou vantajoso.

É através deste relatório, também, que o gestor percebe se o negócio está lucrando e até como está seu crescimento.

Relatório de contas a pagar e a receber

Esse é um dos relatórios financeiros que mais contribui para a organização da sua empresa. Como o próprio nome já diz, ele é simples e consiste no controle das contas que devem ser pagas e das contas que serão recebidas.

A partir deste simples controle, é possível ter um panorama preciso do que deve ser feito para que o capital da empresa nunca fique inferior no sentido de arcar com todas as despesas.

Com esse relatório, obtém-se um controle maior das movimentações. Além disso, ter conhecimento do que entra e sai do caixa possibilita a tomada estratégias mais assertivas.

 

Como elaborar e avaliar os relatórios contábeis e financeiros?

O ideal é que estes relatórios sejam sempre feitos por profissionais da área da contabilidade. Afinal, como se referem aos dados financeiros e contábeis da empresa, qualquer erro na interpretação deles pode resultar em prejuízos organizacionais. Além disso, a elaboração dos relatórios exige um grande conhecimento técnico e visão estratégica de todo o negócio.

A análise dos relatórios contábeis e financeiros é fundamental para trazer melhores resultados à sua empresa. Com eles, você tem conhecimento da sua situação econômica, tem informações para criar estratégias mais eficientes e ainda tem muito mais segurança na tomada de decisões.

Agora que você conhece a importância dos relatórios para a gestão do seu negócio, não deixe utilizá-los a seu favor. Conte com a Contabilidade Pelanda para impulsionar os seus resultados através de uma análise completa dos seus relatórios de desempenho. Estamos dispostos a fazer um diagnóstico da sua empresa para fazê-la ir além.

 

Aproveite também para conhecer outros relatórios gerenciais muito importantes para a sua gestão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *